A alegria tomou conta da solenidade de entrega dos títulos de propriedade rural a 572 barbalhenses realizada, na manhã desta segunda-feira, 26, na Escola de Ensino Médio Adauto Bezerra, no centro da cidade. O prefeito Argemiro Sampaio deu boas-vindas aos presentes e parabenizou a todos que se envolveram na luta por esta conquista tão importante. Além de anunciar uma nova etapa do programa, ele deu boa notícia aos que hoje estão com seus títulos de terra: um bônus cartorial, ou seja, ao invés de taxas conforme a dimensão da propriedade, será cobrada uma taxa fixa para todos.

“Este é um momento feliz e podemos perceber isto no sorriso estampado no rosto, tanto dos que lutaram para que este dia chegasse quanto para todos vocês, que estão sendo beneficiados com a regularização das terras”, enfatizou Argemiro. A partir de agora, com a oficialização de suas propriedades, acrescentou, poderão investir nelas, produzir mais, gerar emprego e renda. Fez questão de ressaltar, ainda, que também ali estava um bom exemplo de como se faz política: todos unidos, independente de cor partidária, trabalhando por Barbalha e sua gente.

Vários autoridades presentes à solenidade fizeram uso da palavra, todos unânimes em enaltecer o trabalho dos que fizeram com que o benefício chegasse a milhares de cearenses. Conforme o titular do Desenvolvimento Agrário, Francisco de Assis Diniz, cerca de 110 mil agricultores terão seus títulos de propriedade rural no Ceará, ao fim da implementação dessa política de regularização fundiária que só traz vantagens aos favorecidos por ela, como segurança jurídica, direito à sucessão familiar e desenvolvimento de projetos produtivos.