Cerca de 40 famílias assistidas pelo Centro de Atenção Psicossocial de Barbalha participaram de reunião sobre o BPC (Benefício de Prestação Continuada). O encontro ocorreu no final da tarde dessa quarta-feira, 14, na sede do Caps do município. A intenção é orientar os beneficiários do programa sobre o recadastramento estabelecido pelo governo federal.

 

O benefício de um salário mínimo é concedido a pessoas em idade acima de 65 anos, em extrema vulnerabilidade social e pessoas com necessidades especiais, que não tiveram contribuição junto ao Instituto Nacional de Segurança Social (INSS) ao longo da vida.

 

Anualmente, o governo convoca os beneficiários para cadastramento ou recadastramento a fim de evitar fraudes na destinação dos recursos. Para o recadastramento, os contemplados devem comparecer à sede do Bolsa Família, anexo à Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social – Avenida Pio Sampaio, n° 449, Cirolândia, portando os seguintes documentos: – RG, CPF, Título de eleitor, certidão de casamento civil (se tiver) e comprovante de residência (conta de energia).