Com apresentação das bandas Santo André e Todo Os Santos, a I Mostra de Bandas Cabaçais teve início na manhã desta sexta-feira (19), no pátio da Escola de Saberes de Barbalha.

A solenidade de abertura contou com a presença de profissionais da área da cultura e educação, além dos pifeiros, que formaram a primeira mesa, nomeada “Condições de produção e reprodução das bandas”, com objetivo de falar sobre o valor e as experiências no cenário da cultura local.

O secretário municipal de Cultura e Turismo, Rômulo Sampaio, falou sobre a importância do evento para a salvaguarda da Festa do Pau da Bandeira de Santo Antônio, considerada patrimônio imaterial da humanidade.

O vereador e carregador do Pau da Bandeira, Rildo Teles, ressaltou o quanto o apoio do Iphan é necessário para manter a tradição dos carregadores da festa. “Todos aqui sabem que ‘fazer’ cultura não é fácil, e nós, carregadores, nos sentimos protegidos pelo Instituto”, disse.

A Mostra é um espaço para se discutir o valor das tradições culturais da região, com ênfase na Festa do Pau da Bandeira, que engloba outras representações locais, como as bandas cabaçais e de pífano, a cultura rural e o reisado.