A gestão municipal de Barbalha realizou no último sábado, dia 18, uma blitz no centro comercial da cidade, para combater o trabalho infantil. A ação é uma iniciativa da Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social (STDS) em parceria com entidades que atuam na proteção dos direitos da criança e do adolescente.

 

A ação educativa desenvolvida nos comércios próximos e no próprio mercado público de Barbalha visa orientar comerciantes e, até mesmos pais de crianças, que trabalho infantil é crime. Previsto no Código Penal e no Estatuto da Criança e do Adolescente, pode acarretar pena de prisão para quem submetê-los a condição de exploração.

 

Participaram da ação equipes do Cetro de Referência de Assistência Social (CRAS), Centro de Referência Especializada de Assistência Social (CREAS), Conselho Tutelar do município e Juizado da Infância e Juventude. A informação da secretária adjunta da pasta, Géssica Sampaio, é que as ações de combate à exploração devem continuar