O prefeito de Barbalha, Argemiro Sampaio, sanciona, nesta quarta-feira, 23, lei que destina 60% do precatório judicial do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação – Fundeb – ao Magistério e o pagamento do décimo quarto salário aos demais servidores da Educação. A solenidade ocorrerá às 16 horas, no auditório da Prefeitura Municipal, localizada no bairro Alto da Alegria.

Na oportunidade, será lançado o cartão de crédito UP Brasil para concessão de benefícios aos servidores públicos. Argemiro Sampaio, nestes primeiros meses de gestão, destaca-se pela adoção de medidas de reconhecimento de méritos do seu quadro funcional, tendo sido, inclusive, o primeiro prefeito cearense a pagar precatório aos mais de 2 mil professores do Município. A liberação injetou cerca de R$ 15 milhões na economia barbalhense.

O Fundeb entrou em vigência no ano de 2007 e se estenderá até o ano de 2020, substituindo o FUNDEF, que ficou em vigor até 2006. O Fundo tem por objetivo aumentar e distribuir melhor os recursos da Educação Básica em todo o País, tendo como base o número de alunos matriculados, com vistas ao atendimento e melhoria do ensino ofertado.