O prefeito de Barbalha, Argemiro Sampaio, entregou, no último sábado, 1º, mais de 40 mil reais em material para a realização de obras de abastecimento d’água. O projeto beneficia diretamente mais de 100 famílias dos sítios Boa Esperança, Tabuleiro e Sossego. Ação conjunta entre Prefeitura e moradores, que garantirá o fornecimento definitivo para as pessoas que residem nas três comunidades.

A situação perdura por mais de 30 anos mas, a partir de uma outorga para uso de água conquistada pelos próprios moradores, foi possível dar início ao projeto. A comunidade buscou o poder público por mais de dois anos, tentando conseguir o custeio do material e, agora, a gestão municipal celebra a parceria.

Foram entregues mais de seis quilômetros de cano de uma polegada, material para instalação (curvas, junções, colas), além de duas caixas de água de dez mil litros. A perfuração e instalação do material serão realizadas em regime de mutirão pelos moradores com acompanhamento técnico da Secretaria de Agricultura do Município.

O prefeito Argemiro Sampaio explica que esta ação resolve em definitivo o problema de falta de água daquelas famílias. “Acabou o assistencialismo por aqui. Não quero que as comunidades fiquem na dependência de carro-pipa”, disse. Ele explicou ainda que o material entregue é de alta qualidade para evitar novos serviços ou reparos em pouco tempo.

Dona Jacinta Rosita foi quem conseguiu a outorga para o uso da água. Ela explica que há mais 36 anos deixou a comunidade e quando voltou, recentemente, a situação de desabastecimento era a mesma. A partir daí começou a luta pelo uso da água. “O resultado é esse que temos aqui hoje” destacou.

Já o senhor Rivaldo Raimundo da Silva disse que há mais de dois anos correu em busca do Município para realizar os investimentos que resolveriam o problema de abastecimento, mas só agora a assistência foi dada. “Desde que conseguimos a outorga, tentamos com a gestão anterior, mas não deu resultado. Agora, quando eu procurei Argemiro, ele disse que ia resolver e resolveu. Agora, mãos à obra”, disse.

A próxima ação a ser desenvolvida no mesmo sentido será na comunidade da Macaúba e região adjacente. Esse novo sistema será ainda mais completo com tubulação para várias comunidades e caixas de água de concreto. Para essa obra, já estão empenhados recursos de 1,5 milhão de reais junto ao Governo Federal.