O Cariri deve contar com uma unidade da Casa do Estudante do Ceará e Barbalha será o município sede. O assunto foi discutido entre o presidente em exercício da instituição, Lucas Santos, e o secretário de Infraestrutura, Roberto Wagner Machado. Na oportunidade, trataram da doação do terreno e de detalhes sobre a construção da Casa do Estudante no Município, a primeira do interior cearense.
Para o membro da comitiva, Moizéis Lima, o apoio da Prefeitura de Barbalha no projeto impulsiona a força do movimento estudantil, que carece de políticas públicas de incentivo. A expectativa é de que a Casa possa acolher cerca de 300 estudantes do ensino médio ou superior de todo o país, que estudem na região e tenham dificuldade em custear despesas.
Para o coordenador de Juventude de Barbalha, Pedro Victor do Nascimento, também presente no encontro, a vinda da Casa do Estudante do Ceará para a cidade servirá como um incentivo aos jovens de baixa renda que não possuem condições de pagar moradia, comida e que sonham em ingressar no ensino superior.
Se aprovada a doação do terreno pela Câmara de Vereadores, a comitiva, integrada ainda pelo presidente da comissão de reforma da Casa do Estudante, Rodrigo Vidal, retornará à cidade para acompanhar os próximos passos de execução do projeto.