Barbalha, por meio das suas políticas de assistência social, engaja-se na campanha “16 dias de ativismo pelo fim da violência contra as mulheres”. O movimento, com adesão de 160 países, ocorre, anualmente, de 25 de novembro – Dia Internacional da Não Violência contra a Mulher, a 10 de dezembro – Dia Internacional dos Direitos Humanos. No Município, o Centro de Referência Especializado de Assistência Social – Creas faz atendimento às vítimas nas áreas de psicologia, serviço social e jurídica. Também há um trabalho preventivo, através de palestras e panfletos educativos.