O Conselho Comunitário de Defesa Social e a Ouvidoria do Município de
Barbalha realizaram na tarde dessa terça-feira, dia 19, uma reunião
para debater a segurança pública no município. A ação envolveu ainda
Conselho Tutelar, Departamento Municipal de Trânsito e Polícia Militar
em um debate onde foram apresentadas as demandas e possíveis
alternativas para o problema.

Foram identificadas questões como a perturbação à ordem pública, a
necessidade de aprimoramento de ações dos órgãos de segurança locais,
além de um efetivo reduzido da Polícia Militar na companhia. O déficit
de homens da PM chega a 80, conforme levantamentos apresentados
durante a audiência.

Esse é o quarto encontro realizado neste sentido e o relatório elaborado a partir das demandas do município será encaminhado ao governo do estado para que possam ser adotadas providências. Já para o município, o representante da gestão, procurador Rodrigo Sampaio, disse que haverá uma série de melhoramentos, dentro do que
compete à administração.

O Poder Legislativo também se comprometeu em unir esforços com as entidades e com a gestão municipal para garantir o bem estar da população barbalhense.